Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Milgram’


Em 1967, o psicólogo Stanley Milgram de Harvard fez um experimento clássico para medir a proximidade das pessoas na aldeia global. O desafio proposto pelo pesquisador aos participantes consistia em fazer chegar uma mensagem por correio a um desconhecido. Uma das regras do experimento permitia aos remetentes repassarem a mensagem a algum conhecido caso ele tivesse mais chances de localizar o destinatário. Em média, as mensagens tiveram que passar por 5,5 pessoas antes de chegarem ao destinatário correto. Daí se difundiu a lenda urbana que uma pessoa está separada de outra qualquer perdida nesse mundão de Deus por uma corrente de no máximo 6 elos.

A experiência de Milgram ficou conhecida como teoria dos seis graus de separação e até hoje não foi comprovada, nem refutada. O que se sabe é que ela tinha algumas limitações: era restrita aos EUA e tanto os destinatários como os remetentes participantes da pesquisa eram atendidos por serviços de correio. De lá para cá a população mundial praticamente dobrou, mas os meios de comunicação ficaram bem mais eficientes. Além disso, surgiram as redes sociais virtuais. Será que esses fatos novos alteram a teoria dos seis graus de separação?

Descobrir quantos são os graus de separação nos dias de hoje é a proposta de um estudo conduzido conjuntamente pelas empresas Yahoo e Facebook. Quem quiser participar da pesquisa deve acessar o site smallworld.sandbox.yahoo.com. Como os tempos mudaram, desta vez a experiência não será feita pelo correio, mas pelo Facebook. O participante receberá a missão de enviar uma mensagem para alguém em algum lugar do mundo. Se o remetente não conhecer o destinatário pode repassar a mensagem para algum contato seu no Facebook com melhores chances de conhece-lo. Vamos ver no que vai dar.

No passado a Microsoft fez um estudo para ver os níveis de separação entre os usuários do MSN Live Messenger. Chegou à conclusão que dois usuários quaisquer estavam separados em média por 6,6 contatos. Outro estudo envolvendo o Twitter concluiu que os tuiteiros estão separados entre si por 3,5 elos em média.

A teoria dos seis graus de separação nos dá uma sensação de mundo pequeno, mas sinceramente continuo achando que a distância entre as pessoas não se mede pelos métodos acadêmicos propostos nessas pesquisas. Qual é a distância entre você, caro leitor, e o presidente Obama? Quantos contatos de Facebook são necessários para uma mensagem sua chegar até um indígena isolado da Amazônia? Dando tuitadas eu conseguiria passar uma mensagem para o Kadafi? A experiência clássica de Milgram foi feita com pessoas que estavam dispostas a gastar um pouco de seu tempo em prol da ciência e que tinham um nível razoável de acessibilidade. Quantos contatos no MSN seriam necessários para alcançar meu vizinho? A distância entre as pessoas é medida com uma régua mais comprida.

Anúncios

Read Full Post »